Pattinson Daily: Erin Lloyd Jones: Queen of the desert fala de uma mulher inspiradora, que teve muitas conquistas
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Erin Lloyd Jones: Queen of the desert fala de uma mulher inspiradora, que teve muitas conquistas

16 de maio de 2015

O site Erin Lloyd Jones deu sua opinião ao assistir a segunda projeção de Queen of the desert no Reino Unido, organizado pela Global Heritage Fund UK.

Eu definitivamente me lembro de aprender sobre TE Lawrence na escola, mas eu me pergunto quantos de nós sabe tanto sobre as maravilhosas aventuras de Gertrude Bell, uma pioneira mulher arqueóloga, exploradora e diplomata? Ela era, afinal, a "Rainha do Deserto".

Ontem à noite tive a honra de participar da estréia do filme do filme de Werner Herzog, Queen of the Desert, na NBC Universal em Londres, o filme é estrelado por Nicole Kidman, Damien Lewis, James Franco e Robert Pattinson que interpreta Lawrence da Arábia, o próprio homem.

Eu estava realmente muito satisfeita, no entanto, que, apesar do personagem de Lawrence ser definitivamente pequeno, teve um grande impacto, mas não foi um papel protagonista, deixando no centro das atenções as explorações extraordinárias de Gertrude Bell.

[..]

A nossa noite começou com uma introdução pela Global Heritage Fund UK, que apresentou o filme e o evento em auxílio do patrimônio cultural em risco pela guerra no Oriente Médio.

Fomos então muito honrados em receber o sobrinho-neto de Gertrude Bell, que contou histórias da família, da vida e aventuras de Bell, incluindo uma saia feita especialmente para ela, onde ela poderia tirar em um segundo.

O filme em si destacou o que uma mulher inspiradora, como Gertrude Bell, era. Embora extremamente infeliz no amor em relação aos homens, ela teve sorte no amor com o povo, a paisagem e a cultura do Oriente, onde seu coração verdadeiramente pertencia.

Ela foi uma das primeiras mulheres a ir para a Universidade de Oxford e ganhou um diploma de primeira classe em História Moderna em apenas dois anos. Ela viajou extensivamente no Oriente Médio, explorando a terra, investigando os sítios arqueológicos, aprendendo a linguagem, escrevendo seus pensamentos e construindo relacionamentos com os líderes do Oriente - embarcou em missões perigosas e políticas, alimentados por seu profundo conhecimento, paixão e amor do povo árabe.

Isso a levou a ser recrutada pela inteligência britânica durante a Primeira Guerra Mundial. Ela foi a única mulher a estar presente na Conferência do Cairo de Winston Churchill em 1921, para determinar o futuro e as fronteiras do Iraque. Seus relacionamentos e amplo conhecimento com o Oriente a ajudou a se tornar uma diplomata e uma força poderosa politicamente, mantendo o respeito dos governantes locais e calorosas saudações.

Se você já ouviu ou não sobre as aventuras emocionantes de Gertrude de Bell, assista o filme que é realmente imperdível. Fala de uma mulher inspiradora, que teve tantas conquistas mais de um século atrás.

Fonte | Via | Tradução: Pattinson Daily