Pattinson Daily: Scan + Transcrição: Life em destaque na revista Total Film
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Scan + Transcrição: Life em destaque na revista Total Film

6 de junho de 2015

Life aparece entre os 10 filmes para assistir esse ano na edição de verão da Total Film.


“FOTOS DE STOCK”

Uma descrição de James Dean e o homem que tirou as fotos de James Dean.

LIFE
Diretor: Anton Corbijn
Estrelando: Dane Dehaan, Robert Pattinson, Joel Edgerton, Ben Kingsley
Data estimada para lançamento: 25 de setembro de 2015

Matéria:
Quanto ao script para Life – a história do fotógrafo Dennis Stock e sua relação com um desconhecido James Dean- pousou na mesa de Anton Corbijn, ecoou de primeira. “Por quase 40 anos, é isso que eu tenho feito.” disse Dutch o diretor que depois de ter feito ‘Control’ e ‘The American’, exerceu seu comércio encaixando músicos, os mais notáveis como Joy Division, U2, Depeche Mode e REM. “É por isso que eu fiz esse filme” ele insistiu, “ Eu não fiz esse filme por causa do James Dean.”

Talvez não, mas a aura em volta da estrela Rebelde Com Causa, nos lembra os fortes 60 anos após sua morte, com apenas 24 anos, num acidente de carro. Tanto assim que Dane DeHaan (de 29 anos mas aparentando ser muito mais jovem) quem estudou Dean, enquanto estava no colégio, estava “inacreditavelmente nervoso” sobre esse papel.

“Eu estava realmente com medo.” Ele disse. “Eu acho que eu disse ‘não’ para o filme cinco vezes antes de eu eventualmente me dar conta que eu estava trabalhando fora do medo e eu precisava passar essa ansiedade e pegar esse presente que estava sendo entregue a mim.”

Quando ele finalmente aceitou, um dos primeiros atores que mandou o e-mail para Sarah Rubano, a artista de maquiagem que ajudou a transforma-lo no Green Goblin para o ‘The Amazing Spider-Man 2.’ “Eu disse, ‘Você acha que você consegue me deixar parecido com James Dean?’” Ela conseguiu.
Dehaan usou uma peruca preta e lentes de contato para escurecer seus olhos azuis, enquanto Rubano reesculpiu suas sobrancelhas. Ele até usou próteses de lóbulo de orelha, “como meus lóbulos são colados na cabeça e os dele não e eu senti que ia mudar meu perfil”.

Tão autentico quanto o trabalho de DeHaan é, ele é uma representação de Dean antes de Elia Kazan ‘East Of Eden’, torna-lo uma estrela. Auxiliando essa transição havia Stock, atribuído por Life Magazine para fotografa-lo em um novo-clássico editorial, interpretado por Robert Pattinson. “Você olha para as fotos de James Dean e você consegue ver ele tentando elevar esse cara,” ele diz. “Ele estava obcecado com ele. Involuntariamente, é um dos mais bem sucedidas campanhas de relações públicas de todas! Mais pessoas têm visto suas fotos do que os filmes dele, eu diria.”

Procure no Google as fotos e você logo verá a clássica imagem de Dean, cigarro em sua boca, encharcado pela chuva na Times Square, ombros cobertos por um casaco preto abotoado contra a tempestade. Mas existes muitas outras – praticando balé ou brincando de gravador- onde “ele parece nerd e intelectual. Ele não parece nenhum pouco legal” DeHaan ri. “Eu acho que a coleção de fotos inteiras é muito impressionante… Se você realmente olhar para todas elas, vão te mostrar muitos lados de James Dean – não apenas o que a foto da Times Square representa.”

Escrito por Luke Davies, Life não é realmente uma história sobre uma estrela em formação, mesmo se o filme é preparado por um dos ícones de Hollywood, diretor de ‘Judy Garland’ até ‘Rebel Without A Cause’, Nicholas Ray. “ Se tornou um filme sobre dois garotos que se tornaram amigos e o efeito que um tem sobre a vida o outro,” Disse Corbijn. No caso de Stock, ele mostra como a abstinência de um pai ultrapassa de um jeito ligeiramente disfuncional, diz Pattinson. “Ele foi alguém que sentiu que não podia sentir e não podia amar corretamente e ele sentiu que ele tinha quase uma desabilidade.”

Corbijn emprestou Pattinson para Leica(câmera) antes da sessão de fotos, a qual ele usou por um tempo em Marocco filmando ‘Queen Of Desert’ de Warner Herzong, “Eu queria que Rob se tornasse familiarizado com o que faria parte da sua linguagem corporal.” Disse Corbijn.

“É um prazer perverso, do meu fim, deixa-lo cair por trás da câmera ao invés de na frente dele” afirmou Corbijn. Para Pattinson, ver a vida do outro lado das lentes de fato foi uma mudança refrescante. “É esse estranho poder da viagem, de certa forma,” ele se distrai. “Você pode ter esse poder sobre todo mundo e se esconder. E uma forma de arte tão estranha.”

Corbijn vê esse “paralelo” entre Pattinson e Stock, como alguém que de alguma forma se trancou por lidar com a apresentação de Dean tão cedo em sua carreira. “Eu acho que ele sofre para ser aceito como um ator por causa de ‘Crepúsculo’. Ele foi muito bem sucedido nisso e meio que de uma forma fácil, e as pessoas algumas vezes não querem que ele tenha sucesso.”

Enquanto a presença de Pattinson talvez traga os Twi-hards para os cinemas, DeHaan – que ganhou 25 quilos para recriar o “macio, corpo de garoto de fazenda” de Dean – espera que Life inspire e revele o publico jovem, em particular para os que tem como favoritos ‘East Of Eden’ e ‘Rebel Without A Cause.’ “Se eles assistirem esse filme e depois voltarem e assistirem os filmes de James Dean” ele disse “então eu vou sentir como uma missão comprida.” Esse é o significado da vida.