Pattinson Daily: Daily Mail: Pattinson interpretou alguém do outro lado da câmera em Life
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Daily Mail: Pattinson interpretou alguém do outro lado da câmera em Life

3 de julho de 2015

Cinedigm lançou vários stills de Dane DeHaan e Robert Pattinson em Life, um filme biográfico sobre Dennis Stock.

O ator britânico, Pattinson, de 29 anos interpreta Stock que, em 1955, foi designado para fotografar o galã de Hollywood para a revista Life. Life tem sido descrito como um "anti-romance" entre os homens da vida real, que viajaram de Los Angeles para Nova York e Indiana para a sessão de fotos.



O filme chega aos cinemas norte-americanos no outono. No Reino Unido em 25 de setembro. O lançamento do filme nos cinemas, coincidirá com o 60° ano da morte de Dean.



Foto profética: Dennis assustadoramente capturou a estrela de "Rebelde Sem Causa"- que quebrou o pescoço apos bater seu Porsche 550 Spyder - deitado em um caixão.


Cidade de Nova York: O mais famoso retrato que Stock fez de James Dean. A estrela caminha lentamente pela Times Square encharcado pela chuva.


Apelo duradouro: a estrela gigante - de sexualidade duvidosa - conseguiu torna-se um símbolo da angústia adolescente e distanciamento social, apesar de só estrelar três filmes. (na foto com Elizabeth Taylor)

Dane, de 29 anos ganhou 25.000 libras para interpretar Dean, e ele aperfeiçoou a voz de seu "ator favorito" com um treinador de dialeto.

"Sua voz era muito mais aguda do que a minha" a estrela de Life After Beth explicou ao Games Radar, ano passado. "Mas é divertido, você sabe, isso é o que eu gosto de fazer. O que é mais difícil, é mais divertido, definitivamente um desafio. Hoje eu estou fazendo o treinamento por uma hora e meia." [...] Enquanto isso, Pattinson gostava de interpretar alguém do outro lado da lente.


"Eu tenho uma imagem muito negativa dos fotógrafos, por isso é interessante interpretar um." disse o galã de Mapas para as estrelas ao Brisbane Time no ano passado. 

A estrela de The Rover descreveu suas interações como "uma pequena batalha de ego" com tudo a ver com "inveja profissional, quem é o melhor artista, quem é o sujeito e quem é o artista."

Robert realmente estava mais fascinado pelos arrependimentos de Dennis, sobre ser um pai e marido, de um casamento na adolescência.

"Ele é realmente um mau pai. E você realmente vê que em partes é um bom rapaz. Ele apenas não ama o seu filho, ou é incapaz disso, isso é um tipo de dor pra ele."

Quatro vezes vencedor de Cannes, Anton Corbijin, dirigiu o drama que estreou no Festival de Berlim em fevereiro.

Fonte | Via | Via | Via: Pattinson Daily