Pattinson Daily: Scan + Pequena Transcrição: Anton Corbijn fala sobre Life e Robert para a revista Rolling Stone
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Scan + Pequena Transcrição: Anton Corbijn fala sobre Life e Robert para a revista Rolling Stone

18 de setembro de 2015


Traduzimos apenas a parte que Anton menciona Robert.

Como Robert Pattinson e Dane DeHaan entraram no personagem?
Eles são muito diferentes. Dane está de algum modo obcecado, que prepara seu papel com uma consciência profissional incrível. Um perfeccionista, bastante ansioso. Ele estava com medo de ser James Dean. Ele começou um treinamento vocal; ele aprendeu a tocar conga como James... E Rob é inesperado. Ele é como um músico avançado; ele improvisa muito, mas ele sabe as suas faixas, seus acordes. E ele é realmente intuitivo. Nós improvisado cenas: como aquela onde James Dean se esconde em seu apartamento e onde Stock procura por ele a partir da pequena janela acima da porta...

Robert Pattinson é brilhante em Life. Ele encarna perfeitamente a psicologia do fotógrafo torturado, ficando em segundo plano, em contrário da estrela que é...
Sim, eu achei interessante colocá-lo nesta posição. Robert é realmente brilhante, fascinante. Todas as luzes estão acesas, ele é caçado por paparazzis e ele encontra o papel inverso, o papel de um homem que se esconde atrás de sua câmera, que capta e reflete a luz, que tira foto de James Dean. Mas é mais complicado, na realidade, porque Robert é alguém realmente atormentado. Ele aderiu muito rapidamente o sucesso de Crepúsculo. Mas há anos que ele vem tentando provar que ele é um bom ator. É a razão pela qual ele faz escolhas, que pensa muito em aceitar papéis que ele é convidado a fazer. Em Life, ele desempenha o papel de um homem querendo provar que ele é um bom fotógrafo.

Fonte | Via | Tradução: Pattinson Daily