Pattinson Daily: Scan + Transcrição: Entrevista de Robert para a revista Gala (Alemanha)
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Scan + Transcrição: Entrevista de Robert para a revista Gala (Alemanha)

20 de setembro de 2015

imagebam.com
Entrevista sem ressaca!
No início Robert Pattinson frequentemente sofreu em conferências de imprensa, consequências de noites embriagado. Hoje, ele nos diz como se tornou um adulto. Como um vampiro na saga "Crepúsculo", Robert Pattinson tornou-se famoso. O ator britânico, com 29 anos, no entanto, o ator há muito tempo tem superado o papel que o tornou famoso e convence cada vez mais o público de que é ator talentoso. Assim também é em seu novo filme "Life" do aclamado diretor Anton Corbijn.
No filme biográfico Pattinson interpreta um fotógrafo que, em 1955, se reúne a James Dean e começa  a documentar a sua vida até a morte trágica de Dean.

No nosso bate-papo alegre, também vamos lidar com as questões: Sua noiva FKA Twigs - foi apenas mencionada, agora os boatos que falam em casamento - não foi mencionado em nossa entrevista. E sobre seu antigo uso, frívolo, de álcool, e hoje ele faz  uma espécie de pedido de desculpas...

Quando eu te entrevistei pela primeira vez, "Crepúsculo" ainda não estava no cinema.
Foi uma época louca. Eu era totalmente inexperiente e nem um pouco cansado. Lembro-me do primeiro dia da entrevista, quanto prazer que eu sentia, porque eu nunca tinha feito nada parecido. Acabei por falar livremente, sem preocupações.

O que você mudou depois do sucesso?
Estou tentando me proteger mais, mas também me acostumei a minha situação. Antes, eu era muito mais nervoso em público. E não teria me ocorrido antes, nem em meu sonho, fazer as coisas que estou fazendo hoje.

Por exemplo?
Recentemente, eu fui no calçadão de Venice Beach para uma caminhada. Algo que eu não fazia há anos. E você sabe o quê? Isto foi perfeitamente tranquilo: Apenas um cara me reconheceu.

Você também está muito mais relaxado do que antes.
Talvez tenha a ver com o fato de que eu estou ficando mais velho. E é muito mais fácil de dar entrevistas, se eu não estou de ressaca. Eu levei 10 anos para entender isso. Está é provavelmente uma das primeiras entrevistas, em que eu não estou de ressaca.

Você cresceu com duas irmãs mais velhas. Como isso te influenciou?
Como um irmão mais novo, eu estava de alguma forma excluído do mundo das minhas irmãs. Mas minha mãe é uma mulher muito forte. Sem dúvida crescer com mulheres auto-confiantes me influenciou. Se eu tivesse irmãos, eu teria me interessado mais por esportes de equipe.

Então, não é um fã de futebol?
Às vezes, isso me irrita francamente, esportes de equipe são tão indiferentes para mim. Eu gostaria de ser capaz de jogar futebol. No outro dia eu passei por um campo de futebol, e alguém jogou a bola por cima da cerca. Ela rolou até a mim e eu pensei: Por favor, não me peça para eu jogar a bola de volta. Foi um pesadelo real. Eu ainda lembro da escola quando eu estava tentando bater bola e bati errado. Eu deliberadamente andei lentamente para escapar dessa humilhação. Eu mesmo me perguntava se devia andar para outra direção.

Isso soa como se você fosse muito tímido?
Tudo começou quando eu tinha uns dez anos de idade. Eram selecionadas as equipes, eu estava sempre entre os últimos. Depois eu pensei: Então eu prefiro jogar com as meninas. (risos) Eu nunca gostei de fazer parte de uma equipe.

Você vive entre Londres e Los Angeles. Onde você se sente em casa?
Eu vivi fora por um longo tempo, com uma mala. Mas agora eu percebi que você tem que se esforçar para ter uma casa. Parece tão simples, mas ter alguns móveis no apartamento me faz sentir muito bem entre minhas quatro paredes.

Em seu novo papel, você interpreta um pai. Será que você quer ter uma família, filhos?
No filme, eu sou um pai terrível, nem serve apenas como um exemplo. Mas eu definitivamente quero ter filhos. Eu recentemente pensei mais uma vez em ter um cão primeiro, embora seja provavelmente mais fácil ter um bebê.

Como assim?
Um bebê que eu posso levar a qualquer lugar, todo mundo tem que aceitar isso. Com um cão não é possível.

Com criança você acabará envergonhado.
Sim, as crianças vão aprender a falar em algum momento, cães não (risos). Mas um cão é um bom começo para aprender a ter responsabilidade. Eu acho que talvez prefiro ter uma criança do que um cão. Muitas vezes eu tenho essas visões loucas de meu filho fazendo todas estas coisas que podem ser bastante fantásticas, eu não posso.

Você vai ter que ser mais específico ...
Por exemplo, o meu filho será um grande dançarino.

Você dança realmente tão mal?
Não quando eu estou dançando sozinho. Porque eu me sinto muito bem. Isso é como quando você canta no chuveiro.