Pattinson Daily: Dane Dehaan menciona Robert em entrevista a Huffington Post
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Dane Dehaan menciona Robert em entrevista a Huffington Post

8 de dezembro de 2015


O que você e Robert Pattinson fizeram para criar esse vínculo que existia entre James e Dennis?
É uma ligação interessante, porque eu realmente não olho para eles como amigos. Eu olho para eles como dois artistas que foram dois lutadores de maneiras diferentes, porque eles trabalham de formas diferentes, e eles se depararam um com o outro e se influenciaram mutuamente como artistas. Enquanto um monte de pessoas estão dizendo que é um filme sobre a amizade, eu realmente não vejo a parte de amizade nele. Não é porque Rob e eu não éramos amigos, eu apenas sentia que foi o relacionamento que nós tivemos, provavelmente por causa do filme. Nós saímos algumas vezes do set, mas diferente do que seria se apresentar em um set e realmente conhecer um ao outro enquanto fazíamos o filme como dois artistas que fazem as coisas de duas maneiras diferentes. E eu acho que, dessa forma você não tem que "atuar" na relação, você só permiti que isso aconteça na tela.

Você já trabalhou com alguns atores com bases de fãs enormes, como Daniel Radcliffe e Rob Pattinson. Você viu tudo o que entra em jogo quando você estava no set com eles? E você está com medo de que tipo de fama terá daqui para frente?
Eu trabalhei com Shia LaBeouf também, e isto se manifesta de forma diferente para todos esses caras. É interessante, porque todos os filmes têm um público-alvo diferente. As pessoas adoram Dan de forma que eles querem abraça-lo, já com os fãs do Rob, eles só querem saltar sobre ele e transar com ele - há essa sexualidade que acompanha os fãs de Rob com a qual eles estão apenas vendo ele como um ser sexual. E então os fãs de Shia são como, "Você é o herói Transformer!". Todos eles lidam com isso de diferentes maneiras. Suas vidas são todas mais loucas do que a minha é. Mas eu estou com medo de que isso aconteça?

Sim, como por exemplo, você pode andar por aí sem que as pessoas reconheçam você?
Sim, bem, eles não não me notam, mas...

Não é como ser atacado.
Sim. Eu posso ir para o supermercado e as pessoas são como, "Oi, eu realmente gosto de você." E eu estou como, "Obrigado!"... Quando estávamos filmando Life, eu me lembro de um dia no set que Rob disse: "Fui ao supermercado pela primeira vez em muito tempo." E eu era como, "OK?" Eu não sei. Eu realmente não penso sobre essas coisas, porque é fora do meu controle e eu estou realmente grato que eu tenho que fazer o que eu faço.