Pattinson Daily: DavidMoody: The Rover um filme para se recomendar num piscar de olhos
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

DavidMoody: The Rover um filme para se recomendar num piscar de olhos

11 de janeiro de 2016

Minha primeira recomendação filme de 2016 e uau, que filmaço eu tenho para você hoje. De David Michôd, THE ROVER é um conto distópico sombrio e surpreendente que apresenta um excelente desempenho do sempre confiável Guy Pearce.

10 anos depois de um colapso econômico global, um solitário homem endurecido persegue os homens que roubaram sua única posse, o carro dele. Ao longo do caminho, ele prende um dos irmão dos ladrões, e a dupla forma uma ligação inquieta durante a perigosa jornada.



Até agora é clichê, certo? Errado. Este é um filme que me pegou completamente de surpresa. Pearce está em sua melhor forma aqui como um homem quebrado que vai parar no meio do nada para recuperar seu carro roubado. Situado no interior da Austrália, o filme se presta naturalmente se às inevitáveis ​​comparações com MAD MAX. Este é algo completamente diferente.

Eu amei o visual e, mais particularmente, a mensagem de The Rover. A história de fundo é justamente escassa, e o que todos nós sabemos é que o filme se passa dez anos após um colapso econômico global. Enquanto a maioria dos filmes distópicos ocorrem quando a merda está batendo no ventilador ou quando tudo está bem e de repente não, The Rover parece existir em um conflito inquietante entre os dois. Há vislumbres de civilização e da sociedade que continuam funcionando, e ainda há sinais muito mais reveladores de que o fim realmente está bem e verdadeiramente próximo.

Pearce (aqui interpretando um homem que está tão danificado que ele faz com que o personagem que interpretou no final de The Road, John Hillcoat, seja completamente infantil), é habilmente apoiado por Robert Pattinson, fazendo todo o possível para lançar se distanciar da imagem do menino de Crepúsculo, imagem que inicialmente o levou ao estrelato. Pattinson é grande como o irmão abandonado de um dos membros da gangue que roubou o carro - um sobrevivente assustado, de olhos arregalados com dificuldades de aprendizagem, cuja inocência parece fora de lugar nesta paisagem implacável.

Excelente direção, efeitos sutis, uma trilha sonora atmosférica, bela fotografia e um final soberbo. Terminando, eu não esperava que ao assistir este filme eu o recomendaria em um piscar de olhos.