Pattinson Daily: Miradas de Cine: Os melhores filmes de 2015 (Maps to the stars incluído)
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Miradas de Cine: Os melhores filmes de 2015 (Maps to the stars incluído)

25 de janeiro de 2016

Maps to the Stars

Maps to the stars de David Cronenberg
Esta Hollywood de Brangelina, adotando crianças e lutando por boas causas, do tapete vermelho e seu glamour, da Calçada da Fama quando não estava cheia de vagabundos, e a de mapas de estrelas, é uma ilusão, onde você pode encontrar seus ídolos em seu habitat natural e fazer selfies com eles, como se você estivesse em um safari.

E há a Hollywood que David Cronenberg quer nos mostrar, como exibicionistamente exagerada como genuína, tão incrível como provável. É a Hollywood dos trios e quartetos, de festas na piscina, das limousines, das lojas de luxo, dos papéis sonhados, em Hollywood o que se paga pode comprar uma consciência tranquila.. uma Hollywood em última análise, onde tudo soaria muito bem a não ser porque todos eles estão ferrados da cabeça, é a Hollywood, onde crianças de nove anos ganham em uma hora mais do que somos capaz de acumular em uma vida inteira e gastam a metade em drogas e a outra metade na reabilitação (metade do que os seus pais deixam em sua conta); na Hollywood em que as atrizes se alegram com a morte dos filhos das melhores amigas porque assim conseguiria um papel que tanto queria; a Hollywood, onde seus pais são irmãos, e que se conheceram em lugares muito piores do que Chinatown; a Hollywood em sua mãe abusa de você e que você transa com o namorado da sua assistente para liberar o auto-engano, depois de uma juventude murcha. A Hollywood onde você vê fantasmas, em que você mata, ou tenta, quem está em seu caminho, os incendiários esquizofrênicos, das famílias em que tudo o que importa é o dinheiro. A Hollywood em que John Cusack dá arrepios.