Pattinson Daily: Robert menciona "aranhas por toda parte", no set de The Lost City of Z, em entrevista a Vulture
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Robert menciona "aranhas por toda parte", no set de The Lost City of Z, em entrevista a Vulture

19 de outubro de 2016

Robert Pattinson teve uma ótima experiência durante as filmagens de The Lost City of Z exceto pelas aranhas, aranhas em toda parte.


Para o seu mais recente filme, The Lost City of Z de James Gray, Robert Pattinson se aventurou profundamente na selva colombiana. Baseado no best-seller de não-ficção de David Grann, o filme fala sobre o Coronel Percival Fawcett (Charlie Hunnam), um explorador britânico obcecado em encontrar uma civilização lendária escondida na Amazônia. Na estreia mundial do filme no New York Film Festival, no sábado à noite, Pattinson, que interpreta o companheiro de confiança de Fawcett, Henry Costin, revelou ao Vulture suas próprias aventuras durante as filmagens na selva - como evitou as enormes, aranhas mortais em seu quarto de hotel.

"Teve uma coisa estranha que aconteceu no hotel", disse Pattinson. "Ele inundava todos os dias às 3:00 da tarde, porque nós fomos na época das chuvas. Ninguém percebeu que era a estação chuvosa, e de alguma forma todas as aranhas enormes flutuavam em nosso quarto. Durante a noite haveria uma polegada de água no quarto, era uma condição terrível. Eu fiz uma pequena rede em cima da minha cama, apenas pendurado lá, apavorado."

Enquanto isso, Gray começou a filmar os bichos. "Houve um que foi chamado de aranha errante brasileira" (Armadeira), disse Pattinson. "James, que é normalmente muito neurótico sobre qualquer coisa relacionado a vida selvagem, viu esta aranha, e é incrivelmente bela, e ele era como, 'Nós precisamos pegar a câmara B, peguem, peguem. Alguém tem que fazer ela se mexer.’ E ele estava cutucando esta aranha, que deve ter seis polegadas de largura, com uma vara, tentando fazê-la fazer algo interessante. E a equipe colombiana era como, 'Essa é a aranha mais venenosa do mundo.' Houve um monte de situações como essa."

Pattinson disse que as coisas também se tornaram pegajosas - enquanto ele estava filmando na selva. "Houve momentos em que Charlie e eu estávamos abrindo caminho com facões e nós eramos humanos virgens de selva que nunca tinham aberto caminho com facões antes,” Pattinson disse. “E o pessoal falava ‘Isso, apenas façam uma cena bonita e abram caminho com o facão’ eu e Charlie achamos que aquilo parecia pegajoso.”