Pattinson Daily: Entrevista do elenco de The Lost City of Z com a Variety
O "Pattinson Daily", é a sua maior fonte de notícias sobre o ator Robert Pattinson no Brasil.
Textual description of firstImageUrl

Entrevista do elenco de The Lost City of Z com a Variety

10 de abril de 2017


A julgar pelo brilho e glamour do tapete vermelho da premiere de "The Lost City of Z", ninguém nunca poderia imaginar todo o trabalho que o elenco e a equipe passaram para colocar seu filme na tela grande. As estrelas: Charlie Hunnam, Robert Pattinson, Sienna Miller e Tom Holland, além do produtor Brad Pitt, estiveram entre as estrelas presentes no ArcLight Hollywood na noite de quarta-feira, quando o drama histórico de James Gray estreou.

O filme, que conta a história do explorador britânico Percy Fawcett (Hunnam) e sua obsessão por encontrar o que sobrou de uma civilização na Amazônia, estava em desenvolvimento por vários anos antes de uma filmagem esgotante na selva colombiana.

Pattinson, que interpreta o ajudante de campo de Fawcett, Henry Costin, falou como foi filmar na selva. "Após a primeira semana, quando percebemos que basicamente iria ter uma tempestade tropical todos os dias às 15:30, se tornou fácil de ir com o tempo, porque ele era bastante certo - apenas não havia muito tempo para filmar qualquer coisa." Pattinson disse. "Mas acho que tudo o que torna mais fácil não agir, de todo, torna-se mais fácil. Estávamos apenas em uma jangada no rio e a única diferença foi que havia uma câmara lá; achei muito gratificante e divertido."

Holland, que interpreta o filho mais velho de Fawcett, Jack, compartilhou algumas anedotas dessa mesma filmagem na selva. "Um dos momentos mais engraçados foi quando os macacos bugios decidiram jogar fezes em nós, porque é o que eles fazem", recordou Holland. "Foi nojento, mas também hilariante."

Hunnam, que teve um inseto rastejando em seu ouvido em um momento das filmagens na selva, ainda amava seu tempo no set. "Eu sou um grande amante do ar livre, sempre que eu posso estou lá, em nosso filme passamos muito tempo nas Terras Altas da Escócia, no Parque Nacional Snowdonia e, em seguida, na Colômbia", disse Hunnam. "Toda vez que eu posso estar fora e longe de grandes grupos de pessoas, eu sou o mais feliz."

Enquanto a filmagem em si era "infernal" nas palavras de Gray, o filme teve que se livrar de anos preso no desenvolvimento antes que ele pudesse chegar até esse ponto.

"Em certo ponto, por volta de 2011 ou 2012, eu parei de pensar que o filme seria feito e fui fazer outro filme. Eu simplesmente desisti", disse o diretor. "É realmente um legado para Brad Pitt, Dede Gardner e Jeremy Kleiner, que foram os produtores e ficaram empenhados em produzi-lo e me chamaram de repente para trazer, juntos, o filme de volta. É uma grande alegria e estranho estar aqui esta noite por essa razão."

Depois da exibição do filme, o elenco, a equipe e os convidados fizeram seu caminho até o Le Jardin, em Hollywood, para uma after-party. Entre outros notáveis convidados, estavam o diretor de "Moonlight", Barry Jenkins e Tye Sheridan, ator de "X-Men: Apocalipse".